A AGENDHA é objeto de estudo de pesquisadoras da Fundação Getúlio Vargas (SP)

A AGENDHA e as famílias agricultoras, agradecem a Fundação Getúlio Vargas – EAESP | GVPesquisa, através do Programa Conexão Local, supervisionado pelo pesquisador Manuel Bonduki e imersão de Ana Beatriz Bretos e Ana Luiza Kato pela pesquisa “Importância de Agentes Locais na Implementação de Políticas Públicas Federais” tendo como base o trabalho desenvolvido pela AGENDHA. Foi uma imersão de desenvolvimento humano comprometida, sensível, competente de três semanas nas comunidades rurais. O relatório (leia aqui) trás reflexões indispensáveis para a continuidade dos trabalhos da equipe agendheira.
Com orgulho e profundo respeito transcrevemos um trecho das considerações finais do relatório:
“Assim, entendemos a AGENDHA como organismo vivo de resistência, que, através de sua metodologia única, e da paixão e visão de seus colaboradores, impactou e continua impactando profundamente a vida das famílias que atende. Para além dos impactos socioeconômicos, o trabalho desenvolvido resulta no resgate da humanidade e da dignidade dos agricultores da caatinga, e na mudança de perspectiva que estes têm para com suas próprias vidas no sertão.”

Gratidão!

gallery wordpress plugin