Uso da Rádio na Educação e Comunicação Ambiental: Contribuição para a gestão integrada dos recursos hídricos e florestais no semiárido brasileiro

O trabalho ora apresentado foi fruto da articulação de um conjunto expressivo de instituições governamentais e não governamentais, desenvolvido a partir da valorização de diferentes saberes, ressaltando a mídia rádio como instrumento de comunicação privilegiado no contexto do semiárido brasileiro, podendo contribuir para a democratização do conhecimento e formação de opiniões com base em novos paradigmas, de preferência os que destaquem a perspectiva da convivência. O fazer e o pensar caminharam de mãos dadas em uma experiência de educocomunicação, com a produção de programas de rádio por parte das lideranças locais e de livreto de apoio aos temas trabalhados.

Leia este artigo aqui.